segunda-feira, 11 de julho de 2011

What Love does - Parte 6

Pedimos desculpa pelo grandeee atraso , mas aqui está :D
(...)
Diogo – Oi, eu também. E já estava cheio de saudades tuas.
Joana – Já? Ainda há pouco saíste daqui.
Diogo – Eu sei, mas és tu que me fazes sentir assim, como se precisasse de ti a todo o momento.
Joana – Oh Diogo, estou realmente impressionada com essa tua faceta, e gosto bastante dela. És um querido.
Diogo – Oh obrigado princesa!
Joana – Porque me tratas assim? Dessa forma?
Diogo – Porque tu mereces, mereces o melhor de mim.
Joana – E as outras raparigas não merecem?
Diogo – Não e acredita que estou muito arrependido pelo que fiz a todas as outras raparigas. Eu quero mudar e o mais rápido possível, quero que tu vejas que podes confiar em mim.
Joana – Estás a surpreender-me muito. Não és o rapaz que parecias ser mas eu ao mesmo tempo penso que só estas a ser assim para me fazeres o que fazes as outras raparigas.
Diogo – Não, eu não vou fazer nada do que fiz as outras e vou provar-te que estou arrependido pelo o que fiz.
Joana – Espero bem que não me estejas a mentir. Bem eu vou dormir, até amanha. Amanha falamos.
Diogo – Ok! Até amanha, dorme bem princesa. Beijinhos.
 No dia seguinte o Diogo mais uma vez esperou pela Joana.
Diogo – Dormiste bem linda?
Joana – Sim (e sorriu)
Diogo – Tu queres o teu espaço. Vimo-nos por ai. Até já. (deu-lhe um beijo na testa)
Joana – Até já.
Joana e Diogo foram para as aulas. Quando tocou para saírem o Diogo foi há rádio da escola e disse:
- Peço desculpa a todas as raparigas pelo o que fiz, acreditem que estou arrependido, desculpem. Só mais uma coisa. Obrigado Joana por estares a confiar em mim.
Joana que ouviu aquilo, quando viu Diogo deu-lhe um grande abraço, ele realmente estava mudado, mas iria aquilo durar?
Joana como não tinha mais aulas, foi para casa, Diogo que ia ali a passar de carro parou e disse:
- Olá boneca.
Joana – Olá Diogo.
Diogo – Então queres boleia?
Joana – Não é preciso, já estou perto de casa.
Diogo – Ok princesa, logo há noite vais sair?
Joana – Vou sim, e tu?
Diogo – Eu também.
Joana – Então depois encontramo-nos ok?
Diogo – Ok princesa.
Joana – Txau!
Já era de noite e Joana foi com as amigas para o bar habitual, onde já estava Diogo.
(...)